Cinco belíssimas releituras da ROCK the LAB para clássicos incontestáveis do Rock

Cinco belíssimas releituras da ROCK the LAB para clássicos incontestáveis do Rock

A ROCK the LAB é uma banda fundada através de colaboração internacional, formada pelos primos Léo Barthel e Edu Teles, responsáveis por toda a parte criativa e instrumental da banda. Desde sua estreia em 2018, com o álbum autoral, “This is Rock the Lab”, a banda vem intercalando seus lançamentos com diversos tributos a verdadeiros hinos do Rock Mundial e hoje nós vamos conhecer alguns deles. Se liga!

Roy Orbison – “I Drove All Night”

Em seu lançamento mais recente, a ROCK the LAB resgatou o clássico “I Drove All Night”, do renomado músico e compositor americano Roy Orbison, que conquistou o mundo com sua voz única e suas composições comoventes e profundas. Com uma carreira que abrange décadas, Orbison se destacou por sua habilidade de transmitir emoção e vulnerabilidade através de suas músicas.  “I Drove All Night”, uma de suas músicas mais icônicas, foi lançada postumamente em 1992.

“Essa releitura promete reacender o amor pela música icônica de Orbison em uma nova geração de fãs”, destaca o guitarrista Edu Teles.

Ouça abaixo a versão da ROCK the LAB:

Simon & Garfunkel – “The Sound of Silence”

A primeira releitura que a banda promoveu oficialmente aconteceu logo em seu álbum de estreia, onde, além de suas faixas autorais, podemos encontrar uma versão para o hino, “The Sound of Silence”, uma das obras emblemáticas de Simon & Garfunkel, que vem emocionando gerações desde o seu lançamento original em 1965. Desde então a canção fez parte da trilha sonora de diversos filmes e séries de televisão, além de ter recebido versões de bandas de diversos gêneros, desde bandas de Metal, como Nevermore e Disturbed, até a música sertaneja, como no caso da dupla Leandro e Leonardo.

Confira a seguir a versão da ROCK the LAB:

“House of Rising Sun”

“House of Rising Sun” é uma canção tradicional de folk americano, imortalizada pela interpretação de artistas como Joan Baez, Bob Dylan e The Animals, além de ter sua popularidade amplificada na versão do The White Buffalo para a série Sons of Anarchy. Embora sua origem seja incerta, a canção narra a história de um personagem que viveu uma vida de má sorte e arrependimento na lendária casa do título, situada em Nova Orleans.

Ouça a belíssima e intimista versão da ROCK the LAB:

Lynyrd Skynyrd – “Simple Man”

Por fim, mas definitivamente não menos importante, temos a releitura da banda para “Simple Man”, clássico da banda americana Lynyrd Skynyrd. Em uma versão voz, teclado e violão, “Simple Man” se torna ainda mais simples, mas não menos grandiosa, com uma interpretação memorável de Leo Barthel e arranjos belíssimos e sutis de Edu Teles. Os músicos conseguem acolher, emocionar e abraçar o ouvinte com a sensibilidade de sua releitura.

Lynyrd Skynyrd é uma banda americana de rock formada em 1964, na cidade de Jacksonville, Flórida, que lançou seu primeiro álbum, “(Pronounced ‘Lĕh-‘nérd ‘Skin-‘nérd)”, em 1973, onde consta a balada “Simple Man”, além de outros clássicos como “Tuesday’s Gone” e “Free Bird”. “Simple Man” é de autoria de Ronnie Van Zant e Gary Rossington, vocalista e guitarrista da banda na época, respectivamente, e já ganhou inúmeras versões de artistas dos mais variados estilos no decorrer dos anos.

Confira a versão memorável da ROCK the LAB:

Saiba mais sobre a ROCK the LAB e acompanhe todas as suas novidades através do Instagram @rockthelabband

A Rádio Sem Fronteiras

asbrazil

Deixe um comentário