Curawaka, coletivo internacional que consagra a música como elemento unificador, faz show em Porto Alegre nesta quinta-feira (20)

Curawaka, coletivo internacional que consagra a música como elemento unificador, faz show em Porto Alegre nesta quinta-feira (20)

Música pode ser mais do que combinações coordenadas de sons: ela serve também, em determinados casos, como ferramenta de reflexão e de estimulação do sensível. É isso que faz o coletivo internacional Curawaka em seu trabalho. Combinando o groove, a alegria e a paixão que vêm com seus ritmos e tradições folclóricas latinas, o grupo emana positividade com as vozes que o compõem e com os instrumentos que toca. Porto Alegre tem a chance de conferir a força da banda ao vivo nesta quinta-feira (20), véspera de feriado, no Teatro CHC Santa Casa (Avenida Independência, 75), a partir das 19h. 

“Vamos fazer uma celebração da vida, da natureza, dos povos indígenas, do novo tempo e do novo mundo. Um mundo melhor, de luz, da alegria, de cura e tudo de bom. Viva a alegria, família!”, pontua a vocalista  Anna Bariyani, diretamente da Amazônia, em mensagem postada no Instagram da Curawaka.

Na mesma noite, apresenta-se ainda o conjunto Madre Terra (SP), que trabalha a possibilidade de expandir os sentidos e consciência por meio do som, a fim de alcançar estágios de leveza, satisfação e bem-estar. 

Garanta ingresso aqui: bilheto.com.br/evento/1282/Curawaka.

 ::: CURAWAKA E MADRE TERRA :::

Local

Teatro CHC Santa Casa (Avenida Independência, 75)

Classificação etária

Livre

Quando

Quinta-feira, 20 de abril (véspera de feriado), a partir das 19h

Ingressos

Platéia

3º lote 

Solidário — R$ 195,00*

Meia — R$ 190,00** 

Inteira — R$ 380,00

Mezanino

3º lote 

Solidário — R$ 155,00*

Meia — R$ 150,00** 

Inteira — R$ 300,00

* Solidário — limitados e válidos somente com a entrega de 1kg de alimento não perecível na entrada do show, no dia do evento.

** Meia-entrada — para estudantes são válidas somente as seguintes carteiras de identificação estudantil: ANPG, UNE, UBE’s, DCE’s e demais especificadas na LEI FEDERAL Nº 12.933. Não será aceita NENHUMA outra forma de identificação que não as oficializadas na lei.

Pontos de venda 

Bilheteria oficial (sem taxa de conveniência)

Loja Back in Black no Shopping Total (Av. Cristóvão Colombo, 545, loja 2119). Horário funcionamento: de segunda-feira a sábado, das 10h às 20h / domingo 14h às 20h.

Online (com taxa de conveniência)

www.bilheto.com.br (em até 10x no cartão) 

* A organização do evento não se responsabiliza por ingressos comprados fora dos pontos de venda anunciados

** Será proibida a entrada de câmeras fotográficas/filmadoras profissionais e semiprofissionais.

CURAWAKA

Curawaka é um projeto de paisagens sonoras únicas que mistura elementos de tradições indígenas, ritmos folclóricos tradicionais  latino-americanos e melodias do folclore escandinavo. O projeto, originado no Brasil em 2013, foi criado por Anna Bariyani, Ariel Kushcnir e Bola Cosmica. Desde então, tiveram várias formações, sempre com Bariyani como força central do grupo, tendo apoio de músicos latino-americanos. A banda é ativamente envolvida no apoio a causas como ambientalismo, direitos indígenas, água potável, reflorestamento, permacultura e outros.

A banda passou anos vivendo e aprendendo com tribos indígenas pelo globo. Sua sonoridade é rica em harmonias do mundo natural, com canções que ecoam o movimento de uma cultura nativa mundial e celebram as vozes dos Povos das Primeiras Nações, bem como sua espiritualidade e relação com a terra.

  A Curawaka está para lançar o novo álbum “Dreamtime” neste ano de 2023. Com músicas em inglês, espanhol, norueguês, inuit e shawandawa, o disco aborda a jornada da alma por meio da existência terrena e celestial. A voz da vocalista e compositora Anna Bariyani transcende as fronteiras e separações culturais, apelando à unidade entre todas as tribos. 

MADRE TERRA:

Criada em 2016, a Banda Madre Terra floresceu da possibilidade de expandir os sentidos e consciência por meio do som, a fim de alcançar estágios de leveza, alegria, bem-estar e conexão com a natureza. Com esse intuito, tornou-se um dos nomes mais prolíficos na cena da música de rezo.

Em suas apresentações e vivências, a conexão com a plateia dá-se por meio do fluxo intenso e profundo, seja quando a poesia sugere reflexão ou quando instiga êxtase e energia, com dança e celebração à vida. 

As temáticas das canções trabalham reflexão, evolução, cura pessoal e propósito de vida. Já a sonoridades perpassa new age, música de cura e world music. Para a banda, trata-se de “música medicina”, que significa a utilização do som como instrumento de terapia para a alma.

Resumo

O que: Curawaka

Quando: Quinta-feira, 20 de abril (véspera de feriado), às 21h

Onde: Teatro CHC Santa Casa – Av. Independência, 75

Quanto: de R$ 130 à R$ 380

Informações: www.abstratti.com 

A Rádio Sem Fronteiras

asbrazil

Deixe um comentário