From Atomic mostra densas texturas sonoras em ‘Love, Fate, Now & Forever’ 

O power trio português From Atomic, de Coimbra, acaba de lançar o segundo disco da carreira, o denso, obscuro e intenso Love, Fate, Now & Forever, um álbum para fãs de dreampop, indienoise e shoegaze, que chega ao streaming na América do Sul via Before Sunrise Records, em parceria com o selo europeu Lux Records.Ouça o álbum na íntegra aqui: https://ditto.fm/love-fate-now-forever.O single do disco foi a música Quiet, que também ganhou um videoclipe, dirigido pela From Atomic e protagonizado pela atriz portuguesa Madalena Glória: https://youtu.be/ybF82Afu30o. Nesta canção, a From Atomic sugere que o silêncio é um lembrete de que não há nada de errado em procurar ajuda.O olha para si, inclusive, é um dos nortes do álbum como um todo. A banda contextualiza Love, Fate, Now & Forever:”Durante este caminho a que chamamos vida, sentimos, por vezes, momentos de confusão emocional, sentimental e até existencial, que nos encaminham para diversas direções que podem construir ou destruir-nos enquanto pessoa. Cada vez mais, o mundo à nossa volta avança neste sentido e, diariamente, somos sovados com vagas de intensidades que, na maior parte das vezes, nos apanham desprevenidos”.Love, Fate, Now & Forever é, neste sentido, o compêndio de todas estas experiências aliando as formas de sentir à música e a música às formas, dado que serão sempre indissociáveis.Com texturas sonoras que mantém a essência da banda, From Atomic apresenta 11 canções que tanto nos aconchegam como desperta o sentimento de alegria.O segundo disco da banda mostra um processo de maturação, em que se reconhece o seu som característico, ao mesmo tempo que se nota uma transição para uma nova musicalidade.Os synths tornaram-se parte dominante da música, levando-a ainda mais além no som etéreo shoegaze. Os feedbacks de guitarra estão sempre em background enquanto se sentem riffs harmoniosos que acompanham a voz, quase como uma segunda vocalização; o ritmo e coerência da música ficam a cargo de um baixo sujo e uma bateria repleta de reverb, bem ao estilo dos 80’s.O título do disco resume-se a quatro palavras, independentes, cada uma com a sua própria história que, se associadas, nos podem apresentar um completo mundo novo e uma multitude de histórias totalmente diferentes, como a filosofia do “Amor Fati” – em que a atitude é o prenúncio que molda a nossa perspectiva, ou o desejo eterno de imortalidade – e o “Memento Mori” que nos lembra da inevitabilidade da morte.A From Atomic comenta sobre o título que reflete na musicalidade do disco:”Quatro palavras que, juntas, nos podem proporcionar inúmeras variáveis, incontáveis contos, sonhos e vidas. É esse o significado deste título e é, também, o da estrada que visualizamos na capa do disco: o caminho é teu e só teu! Na realidade, o significado é o que lhe quisermos dar, porque somos nós que decidimos a nossa própria história”.
From Atomic, a bandaFrom Atomic é Alberto Ferraz, Sofia Leonor e Samuel Nejati, um trio formado no ano de 2018 em Portugal, na cidade de Coimbra, conhecida por berço de notáveis projetos de rock lusitano.A sonoridade resulta de uma perfeita simbiose entre a pop vanguardista dos anos 80 e o indie-noise dos anos 90.O som da From Atomic reflete influências de Yeah Yeah Yeahs, The Jesus & Mary Chain, Cocteau Twins, The Cure, DIIV, Siouxsie & The Banshees, Joy Division, The Raveonettes ou Sonic Youth, buscando muito do ‘post punk’ britânico da década de 80, mas também algo do ‘indie noise’ da década seguinte. No entanto, a mistura resulta em um som autêntico, cru, mas fortemente apoiado nas melodias pop.A melodia nas palavras cantadas por Sofia Leonor e a maneira como o baixo as interpela, expõe uma narrativa minimalista que se funde às guitarras ruidosas de Alberto. O ciclo fecha-se com o ritmo feroz de Samuel na bateria, que enquadra uma atmosfera simultaneamente negra e luminosa.Em maio de 2018 lançaram “Heaven´s Bless”, uma faixa que despertou curiosidade no panorama musical nacional. Ganhou espaço em rádios como a RUC e Antena 3. Também foi foi incluída na colectânea “A date with Gliding Barnacles” (Lux Records) e no CD Novos Talentos FNAC 2019.Em 27 de Março de 2020 foi lançado o seu primeiro álbum, “Deliverance”, editado pela Lux Records, com colaboração de Rui Maia (X-Wife, Mirror People) em uma das faixas. Devido à pandemia da Covid-19, no entanto, a turnê precisou ser adiada, mesmo com a From Atomic com um álbum recém-lançado no mercado.As consequências da pandemia afetaram de forma indelével a comunidade artística e a indústria musical de Portugal e de todo o mundo. Se até os nomes consagrados sofreram com as medidas de contingência, para uma banda que acabava de editar o seu disco de estreia, o cenário poderia ser bastante nebuloso. Mas para os From Atomic o efeito foi o de se reinventarem, de buscarem na adversidade inspiração para novas ideias e sonoridades, de se adaptarem à nova realidade, de experimentarem sem restrições, sem correntes.E é deste processo, de lançar um disco no início da pandemia e todo este período para lidar com uma situação ainda inédita no mundo que a From Atomic concebeu Love Fate Now & Forever, o segundo disco.
Ficha técnicaSofia Leonor: voz, baixo e sintetizadores
Alberto Ferraz: guitarra, sintetizadores, samples
Samuel Nejati: bateria e percussão
Música e letras: From Atomic, excepto faixa 5 por The Passions
Convidados: Tracy Vandal em “Overload” e “I’m Not In Love With A German Film Star”; Toni Fortuna em “Crawl”
Gravado no Blue House Studio
Editado por From Atomic
Mixado e masterizado por João Rui
Arte da capa por Toni Fortuna
From Atomic nas redeswww.instagram.com/from_atomicwww.facebook.com/fromatomicwww.youtube.com/channel/UCl8VYkpGD8MD-7KI1BX9AQQwww.facebook.com/LuxRecordsCoimbrawww.instagram.com/beforesunriserecords

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *