Gangrena Gasosa confirma primeiro show de 2023 em grande festival em Belo Horizonte

Banda será uma das atrações do evento Bloco Dos Camisas Preta, na capital mineira

Em 2022, o ritmo de trabalho da Gangrena Gasosa foi intenso. Três singles lançados e diversos shows de grande sucesso em quase todas as regiões do Brasil, incluindo uma apresentação como atração principal do Espaço Favela, um dos palcos do Rock in Rio, televisionada pelo Canal BIS. Para 2023, a banda pretende continuar nesta pegada.

A primeira data na agenda de 2023 acaba de ser confirmada: A Gangrena Gasosa será uma das atrações do festival Bloco dos Camisas Preta – Especial 10 Anos, que celebra a década de existência do referido grupo, no dia 11 de fevereiro. Além da Gangrena Gasosa, sobem ao palco as bandas Ratos de Porão, Black Pantera, Machete Bomb, Virna Lisi, Pense, Mad Chicken, Pesta, Shiron the Iron e Loss. O festival será realizado no Expominas BH (Av. Amazonas, 6200).

Em breve, a Gangrena Gasosa planeja o lançamento de um novo videoclipe para o aclamado single “Boteco-Teco”. A música foi lançada este ano nas plataformas digitais e foi um dos destaques do show que a banda realizou no Rock in Rio.

Gangrena Gasosa teve um ano repleto de atividades, com turnês e lançamentos inéditos disponibilizados nas plataformas digitais: “Rei do Cemitério”, “Headboomer” e o mais recente “Boteco-Teco”. As faixas devem estar presentes no próximo disco de estúdio, a ser lançado em 2023.

A atual formação da Gangrena Gasosa conta com os vocalistas Angelo Arede (Zé Pelintra) e Davi Stermimiun (Omulu), com o baixista Diego Padilha (Exu Tranca Rua), a percussionista Ge Vasconcelos (Pombagira Maria Navalha), o guitarrista Minoru Murakami (Exu Caveira) e o baterista Alex Porto (Exu Tiriri). Representando o lado underground da expressão cultural brasileira, o grupo mescla metal e hardcore com elementos de Umbanda. Confira mais em @gangrenagasosa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *