Katapult lança videoclipe para “Sweetheart Come” com angustiante história real

Katapult lança videoclipe para “Sweetheart Come” com angustiante história real

A banda Sueca/Suiça, Katapult, segue repercutindo seu excelente álbum de estreia, “Play Stupid Games, Win Stupid Prizes”, lançado pela Discouraged Records, desta vez através do lançamento do videoclipe para “Sweetheart Come”.

O videoclipe mais uma vez foi criado por Florian Moritz e Johan Norström. A música trata da comovente história da paciente psiquiátrica alemã Emma Hauck e das cartas que ela escreveu para seu amante, que nunca foram enviadas.

Confira o videoclipe abaixo:

O vocalista Johan Norström comenta o lançamento:

“A história por trás de ‘Sweetheart Come’ é baseada nas cartas reais escritas por Emma Hauck, enquanto ela estava internada em um hospital psiquiátrico por causa de esquizofrenia. A história é terrivelmente sombria, as letras repetem o termo “Herzensschatzi komm”, que se traduz em “Querida, venha”. O esqueleto da letra está comigo há anos, mas foi só quando recebi o primeiro rascunho da música que encontrei uma saída musical adequada para a história. Escolhemos visualizar a música como uma representação de como poderia ter sido a realidade da senhora Hauck, trancada em um pequeno quarto, com o sonho de que um dia seu marido viria buscá-la de volta para casa como sua única companhia”.

Katapult é o filho bastardo de Florian Moritz e Johan Norström e nasceu em uma área remota da Suécia no verão de 2017. Como todos sabem, poucas bandas nascidas em áreas remotas sobrevivem à infância, mas apesar de terem sido criadas nos recônditos da Suíça e Suécia, a Katapult resistiu. Com o passar do tempo, Joel Purificacion foi convidado a rasgar alguns solos em seu EP de estreia “A Fistful of Truth”, e ele se encaixava tão bem que acabou se juntando ao grupo. Da mesma forma, durante a produção do segundo EP, “Shut the Fuck Up and Press Play”, Felix Bacher e David Stutzer foram convidados para acompanhar no baixo e bateria, mas acabaram presos no Katapult.

“Play Stupid Games, Win Stupid Prizes” é um carrossel de emoções sombrias, variando de raiva empolgante a imensa tristeza, tudo polvilhado com uma camada de “Vá se catar”. Onde faixas como “Comfortably Dumb” lidam com a hipocrisia de aceitar a indústria da carne, “21st Century Digital Boy” aponta e ri de todos os influenciadores tentando enganar uns aos outros, “Litany of Spirals” foi escrita durante uma noite sem dormir causada por burnout beirando a depressão e “Bränn bilder och minnen” é um gigante “Foda-se” para aquele cara da escola que é um orgulhoso nazi hoje em dia.

Ouça “Play Stupid Games, Win Stupid Prizes” abaixo:

https://open.spotify.com/album/33mXJiEIKC3Cel4lJle6XX?si=dbd14e91c0104311

Para “Play Stupid Games, Win Stupid Prizes”, nada menos que seis vídeos estão em produção, já que o Katapult continua a ter uma forte presença visual, uma vez que os membros da banda Johan e Florian trabalham profissionalmente como cineastas. Johan é um editor, colorista e animador experiente, e Florian é um diretor de fotografia excepcional. Tendo em mente que o vídeo de sua faixa “Du brinner ihjäl” recebeu prêmios por sua narrativa e cinematografia, a Katapult tem todas as intenções de superar esse vídeo com o que vem a seguir.

Apoie a banda pelo Bandcamp:

https://katapultthrash.bandcamp.com/
A Rádio Sem Fronteiras

asbrazil

Deixe um comentário