Pearl Jam está de volta à estrada com “ingressos intransferíveis”

Pearl Jam está de volta à estrada com “ingressos intransferíveis”

Pearl Jam informou nesta quinta-feira (20), através de seu site oficial, que retornará à estrada no segundo semestre deste ano. A banda anunciou apenas 9 datas e todas para os Estados Unidos. A pernada terá início em 31 de agosto, em St. Paul, e será encerrada em Indianápolis, no dia 10 de setembro. Inhaler, banda liderada por Elijah Hewson, filho de Bono, do U2, abrirá os concertos em algumas das datas anunciadas.

Mas a grande sacada desse nova série de shows fica por conta dos ingressos. Pela primeira vez, o Pearl Jam estará usando “preços all-in” para essas apresentações, o que significa que o preço do ingresso listado é o preço final, incluindo taxas, para que não haja surpresas na hora do pagamento.

A banda também decidiu tornar os tickets intransferíveis, visando evitar compras indevidas com repasses a preços elevados. “Os ingressos para esta turnê serão intransferíveis em todos os estados, exceto Illinois, onde é proibido por lei. Pedimos desculpas antecipadamente aos fãs de Illinois que podem estar sujeitos ao aumento dos preços dos ingressos no mercado secundário”, comentou a banda em seu site.

Quanto às novas músicas, o Pearl Jam vem trabalhando desde julho de 2021 com o produtor Andrew Watt em vários estúdios nas proximidades de Los Angeles. No final do ano passado, o guitarrista Stone Gossard falou sobre o processo de produção de um novo disco que sucederá Gigaton (2020), numa entrevista à Rádio Rock WRIF de Detroit. Gossard disse naquela ocasião que a banda tinha dado uma lapidada em parte do material que foi produzido ao longo do confinamento. “O plano agora é  fazer mais algumas gravações e vamos tentar terminar um disco muito em breve. Há músicas que estão chegando perto de serem concluídas”, disse o guitarrista, que descartou a chegada desse disco novo em 2023. “Aposto que será lançado em 2024, é o meu palpite. Mas estamos trabalhando nisso”, revelou.

A Rádio Sem Fronteiras

asbrazil

Deixe um comentário