Sorry Compartilha novo single “Screaming in the Rain Again” 

Ouça ‘Screaming In The Rain Again’ AQUI

Assista o video de ‘Screaming In The Rain Again’ AQUI

A banda londrina Sorry compartilhou seu novo single ‘Screaming In The Rain Again’, uma gravação inédita da penúltima faixa épica – e uma das favoritas dos fãs – de seu segundo disco aclamado pela crítica, Anywhere But Here, que foi lançado em outubro de 2022 pela Domino. A banda também anunciou seus shows de estreia no Japão e na Austrália para outubro deste ano.

Comentando sobre a nova versão, Sorry disse: “Queríamos fazer uma versão mais difícil, mais forte e mais rápida. Sentimos que poderíamos mostrar um lado diferente da versão que está no álbum, um lado com mais paixão”. O novo single foi ao ar pela primeira vez no programa de Steve Lamacq, na BBC Radio 6 Music, ontem.

Anywhere But Here seguiu o 925, a estreia de Sorry em 2020, no caminho para a aclamação universal da crítica com uma série de resenhas brilhantes da mídia nacional, incluindo 9/10s da CLASH, Gigwise, The Line Of Best Fit e classificações de 4* (ou 8/10s) da MOJO, Loud And Quiet, The Guardian, The Telegraph, The Sunday Times Culture, The Times, NME, DIY, Dork e muito mais. Naturalmente, Anywhere But Here foi parar em uma grande variedade de listas de Álbuns do Ano no final de 2022. O álbum foi produzido em grande parte por Louis O’Bryen e Asha Lorenz, da banda, e por Ali Chant, juntamente com Adrian Utley, do Portishead, em Bristol. Charlie Andrew co-produziu os singles “Key To The City” e “Let The Lights On” com Louis e Asha. A banda comemorou o lançamento de Anywhere But Here com uma festa em seu lar espiritual, o The Windmill Brixton – com um tatuador pintando seu icônico logotipo de peixe.

O Sorry esteve na estrada durante todo o ano de 2022, com shows de apoio ao Sleaford Mods nos Estados Unidos e suas próprias turnês principais em junho e de outubro a dezembro na América do Norte e no Reino Unido. O The Times concedeu 4 lugar ao seu maior show como atração principal até o momento, no Electric Brixton. A banda também fez uma turnê pela Europa em fevereiro e março deste ano.

Composed of best friends and co-conspirators Asha and Louis, joined by drummer Lincoln Barrett, multi-instrumentalist Campbell Baum, and Marco Pini on electronics, Sorry have been making music together since their teens. Emerging from Brixton’s Windmill scene, where they played alongside Shame, Goat Girl and Black Midi, Sorry have created their own distinctive musical world – one that draws together a shared passion for lo-fi sounds of grunge, trap, and shoegaze. If their first full-length album 925 (produced by Lana Del Rey and Gorillaz collaborator James Dring) was more electronic, Anywhere But Here pays homage to classic songwriters of the 1970s, such as Carly Simon and Randy Newman. Asha’s nonchalant salty-sweet vocals contrast with detuned/discordant guitar sounds echoing early ’90s bands, Slint and Tortoise, and the irregular beats of Kanye or Capital Steez.

Composto pelos melhores amigos e co-escritores Asha e Louis, acompanhados pelo baterista Lincoln Barrett, pelo multi-instrumentista Campbell Baum e por Marco Pini na parte eletrônica, o Sorry faz música juntos desde a adolescência. Surgindo da cena Windmill de Brixton, onde tocaram ao lado de Shame, Goat Girl e Black Midi, Sorry criaram seu próprio mundo musical distinto – um mundo que reúne uma paixão compartilhada por sons lo-fi de grunge, trap e shoegaze. Se seu primeiro álbum completo, 925 (produzido por James Dring, colaborador de Lana Del Rey e Gorillaz), era mais eletrônico, Anywhere But Here homenageia compositores clássicos dos anos 1970, como Carly Simon e Randy Newman. Os vocais indiferentes e salgados de Asha contrastam com sons de guitarra desafinados/discordantes que lembram as bandas do início dos anos 90, Slint e Tortoise, e as batidas irregulares de Kanye ou Capital Steez.

Marketing e Promoção no Brasil:

ForMusic – [email protected]

Informações à imprensa:

Catto Comunicação

Simone Catto – [email protected]

A Rádio Sem Fronteiras

Deixe um comentário