Treva fala de libertação no disco de estreia, Em Própria Razão

Treva fala de libertação no disco de estreia, Em Própria Razão
Treva, nova banda de blues punk rock n’ roll, formada por dois ex-Confronto, acaba de lançar via El Rocha Records o seu disco de estreia, Em Própria Razão. O álbum, com 10 faixas, é, antes de tudo, aquilo que fazemos por nós mesmos, pelo nosso próprio sentimento. É sobre libertação.Ouça o disco aqui: https://links.altafonte.com/EmPropriaRazaoO álbum foi todo composto durante a pandemia, em um longo período de reclusão e angústia para muitas pessoas, especialmente no Brasil.E assim, fatalmente ele traz em si uma certa carga de angústia e desassossego que expressam um pouco daquilo que vivíamos, e de certa forma ainda vivemos, nesse atual momento da história do país.Assim como o blues, o samba de morro, a soul Music e o rock, Em Própria Razão, sendo o primeiro disco do Treva, vem com o intuito de libertar, contar histórias reais, e tentar trazer da alma a força para que continuemos caminhando. É sobre se manter vivo e sobre se movimentar. É sobre se reconstruir e recomeçar. É fazer algo em própria razão.O vocalista e guitarrista comenta sobre Em Própria Razão: “Não chega ser um álbum autobiográfico, mas confesso que nele eu falo basicamente de mim, dos meus sentimentos, da minha história e traz nele boa parte daquilo que eu acredito e com vários pontos e referências que fazem parte da minha vida. Algumas coisas que eu queria e precisava expressar e que, justamente nesse longo período de reclusão, com a ajuda do Chris Wiesen, eu consegui materializar”.No álbum, Felipe revela que uniu influências e inspirações. Juntou elementos da música negra com o rock.”Eram coisas que, pelo menos na minha cabeça, não pareciam tão distantes. Música preta brasileira, blues, folk e punk rock dão o tom daquilo que eu gostaria de transmitir”.A linha entre a rebeldia do punk rock e a melancolia contida na essência da música negra aparecem muito robustas neste primeiro disco do Treva.Show de lançamentoEm Própria Razão será oficialmente lançado nos palcos no dia 11 de outubro, em São Paulo, no Red Star Studio. Será, inclusive, a estreia do Treva ao vivo. Na abertura, Thiago DJ (do programa Heavy Pero no Mucho, da 89), anima a festa com o melhor do rock.Ingresso: https://www.sympla.com.br/evento/treva-apresenta-seu-novo-album-em-propria-razao/2132327Clipe no ScenaNa quinta-feira, 21/09, o Treva faz a première do videoclipe da faixa Flama no Canal Scena.Flama, uma música de resgate da própria fé, fica entre o folk e o punk rock, com uma doce introdução que remete a influências bem latentes de música negra como soul e R&B. Os vocais femininos de Julie Xavier e harmonias com piano de Grabriel Menndezz dão um tom melancólico e, ao mesmo tempo, sutil à canção.
Ficha TécnicaGravadora: El Rocha Records
Distribuído por Altafonte BrasilEm Própria Razão Track List:1 – XXVII.
2 – Novo Amanhã.
3 – Onde Morre O Sol.
4 – Quando A Fé Morrer (Onde For).
5 – Memórias & Reclusão.
6 – O Passado Que Se Tem.
7 – Por Chance, Por Sangue!
8 – Flama.
9 – Renasce em Dor (Ft. Rodrigo Lima, Julie Xavier)
10 – Alento.”Em Própria Razão” foi gravado entre a primavera de 2022 e o inverno de 2023 no Estúdio El RochaProduzido por: Fernando Sanches, Chris Wiesen e Felipe Ribeiro.
Mixagem por Fernando Sanches.
Masterização por Fernando Sanches.
Gravado por: Fernando Sanches, Rodolfo Duarte, Chris Wiesen e Maiane Sousa.
Pré-produção: Chris Wiesen e Felipe Ribeiro.
Engenheira Assistente: Maiane Sousa.
Capa: Wagner Loud.
Foto: Felipe Vieira (Fredinho)Todos os teclados e pianos por Gabriel Menndezz.
Backing Vocals femininos por Julie Xavier e Maiane Souza.Treva é:
Felipe Ribeiro (Voz e Guitarra)
Chis Wiesen (Guitarra)
Pedro Hernandes (Bateria)
Eduardo Moratori (Baixo)

Treva, a banda

Treva é Chris Wiesen (guitarra), Felipe Ribeiro (guitarra e vocal), Eduardo Moratori (baixo), dois ex-Confronto, e Pedro Hernandes (bateria), experientes músicos do rock nacional, se juntaram em 2021 para um novo projeto com referências de punk rock, folk e blues.

‘XXVII’ (confira aqui) foi a primeira amostra do que é o Treva, uma intro com cerca de um minuto e meio recheada de riffs, peso e atmosferas sombrias. Em seguida a banda lançou – em clipe e no streaming – a faixa ‘Onde Morre o Sol’, confira aqui.

Também lançaram Renasce em Dor, com participação de Rodrigo Lima (Dead Fish), um canto em homenagem a todos e todas de pele preta. A cantora independente Julie Xavier também participa desta faixa.

Memórias & Reclusão, que também ganhou uma animação, assinada por Odemilson Sconieczni (Irmão do Jorel, Acorda, Carlo! e Star Wars Forces of Destiny), foi o último single. Assista ao clipe: https://youtu.be/K2XLjcG-1T0?si=MDm7ahX8-wb0st0b.

Os lançamentos do Treva são feitos pela El Rocha Records, o selo do estúdio El Rocha, com a produção, mixagem e masterização do renomado produtor Fernando Sanches.

O El Rocha Records é a casa de três nomes importantes da produção musical brasileira: Daniel Ganjaman, Fernando Sanches e também com participação da Carox. Recentemente foram responsáveis pelos lançamentos da Deb and the Mentals e da dupla A Ride for Two e The Gramophones.

Acompanhe a banda aqui: www.instagram.com/oficialtreva.

A Rádio Sem Fronteiras

asbrazil

Deixe um comentário