Yam Haus lança vídeo de “Shakin’ Yer Hips”

ASSISTA: “SHAKIN’ YER HIPS”

(ON YOUTUBE)

OUÇA: “SHAKIN’ YER HIPS”

(EM TODAS AS PLATAFORMAS)

Yam Haus também anunciou uma série de apresentações para o outono e inverno. Após terem aberto recentemente para The Killers e Death Cab para o Cutie no TC Summer Fest em sua cidade natal, no dia 14 de julho, a banda iniciará outra série de datas nos Estados Unidos e Canadá a partir do dia 6 de outubro no Hi-Fi em Indianapolis, IN, estendendo-se até o dia 18 de novembro no Lincoln Hall em Chicago, IL. Os ingressos para todos os shows estão à venda agora AQUI, e uma lista completa de datas pode ser encontrada abaixo. Depois de conquistarem o Meio-Oeste dos Estados Unidos há alguns anos, a preparação do Yam Haus para lançar novas músicas em 2023 é totalmente diferente da banda que havia desfrutado de certo sucesso antes do mundo parar em 2020. Desde então, os membros Lars Pruitt (vocal/guitarra), Zach Beinlich (guitarra) e Jake Felstow (bateria) passaram seu tempo aperfeiçoando seu som e levando a música da banda para uma nova direção promissora. “Estamos realmente empolgados com a nova música, porque parece que é a primeira vez em muito tempo que estamos criando isso como uma frente unificada”, diz Felstow. “Estamos fazendo e lançando o que estamos sentindo naquele momento”, acrescenta Beinlich. “Não estamos tentando encaixar algo onde não pertence, mas se parece certo e gostamos, lançamos.” Com mais de 15 milhões de streams em plataformas de streaming, 20 milhões de visualizações no YouTube e 2 milhões de curtidas no TikTok, o Yam Haus ainda sente coletivamente que estão apenas começando e estão animados para o caminho que têm pela frente. Pelo menos, Pruitt está comprometido com a jornada de maneiras que não podem ser facilmente mudadas. “Eu tatuei a banda na minha bunda, então estou aqui para o jogo de longo prazo.”

Marketing e Promoção no Brasil:

ForMusic – [email protected]

Informações à imprensa:

Catto Comunicação

Simone Catto – [email protected]

A Rádio Sem Fronteiras

Deixe um comentário