Zombie Cookbook: Banda retorna ainda mais aterrorizante com o single de “Formless… Twisted… Shapeless”

Zombie Cookbook: Banda retorna ainda mais aterrorizante com o single de “Formless… Twisted… Shapeless”

O Zombie Cookbook está de volta com seu novo single, “Formless… Twisted… Shapeless”, música que apresenta sua nova fase e antecede seu novo álbum.

A história contada nesse novo single, “Formless… Twisted… Shapeless”, aborda a chegada de um ‘freak show’, que abala a tranquilidade de uma pequena cidade, especialmente os habitantes com crenças cristãs e hábitos mais conservadores. O confronto entre as crenças religiosas e a presença dos visitantes indesejados cria um clima tenso, levando à revolta dos populares locais, que consideram o evento uma blasfêmia. A letra visceral da música explora o medo, a intolerância e a disputa de valores.

“Formless… Twisted… Shapeless” por ser conferida em sua plataforma preferida, como por exemplo, no Spotify:

Surgida em 2010, a Zombie Cookbook produz um som que a banda autointitula como ‘Dead Metal’, uma mistura entre Death Metal, Thrash Metal e alguns elementos de Heavy Metal, Grindcore e Splatter. Intitulado “Horroris Causa” (um trocadilho infame com Honoris Causa), o segundo full álbum da banda, será lançado em CD no segundo semestre de 2023 pela Black Hole Productions e em formato digital em todas as plataformas de streaming.

Sempre prezando por uma parte teatral e visual, tanto nos lançamentos como ao vivo a banda traz algo a mais para o espectador. Se você é fã de quadrinhos de terror como Contos da Cripta, Cripta do Terror, filmes clássicos de terror como Zombie, Night of the Living Dead, Braindead e busca uma experiência sinestésica auditiva e visual a Zombie Cookbook é a perfeita junção entre esses mundos.

Em seu primeiro lançamento, “Cinetrash” (uma homenagem aos grandes e toscos filmes de terror B) já causou um certo alvoroço pela mistura não tão comum entre Death, Thrash e Splatter, vocais guturais misturados com ‘gang vocals’ e ‘pitch shifters’, bateria brutal e riffs nervosos. Tudo isso cozinhado, mixado e masterizado por Felpe Lisciel em formato analógico. Sendo o debut da banda, foi lançado em vinil de 7″ através da gravadora norte-americana Fudgeworthy Records e em 2013 relançado em cassete pela brasileira Old Grindered Days.

Após o lançamento de Cinetrash e uma expansão no cenário underground do Death, Gore e Splatter a banda lança seu primeiro full, Outside The Grave (2012). Agora com duas guitarras e melhores arranjos a banda sobe um degrau em sua musicalidade, com uma produção mais rica, com letras ainda voltadas para o cinema de horror B. A mixagem e masterização ficaram a cargo de Felipe Lisciel. Lançado de maneira independente saiu nos formatos de CD e LP e contou com projetos culturais da cidade de Joinville (SC).

Saindo de “Outside the Grave”, a banda entra em uma nova fase, mais Death Metal, mas sem perder a essência do splatter e das podreiras de segunda classe do horror mundial. Então a banda lança dois splits em vinil de 7″. O primeiro, em 2014, com a banda Offal, lançado pela Black Hole Productions, contou com a mixagem e masterização de Damian Herring da banda Horrendous (EUA). O segundo, em 2016, com a banda Rancid Flesh, foi lançado pelas gravadoras Sonoros Records e Zuada Records, mixado e masterizado por Fabio Gorresen.

Depois de um período sabático, longe dos palcos e do estúdio, a banda volta com o lançamento independente de um EP digital, intitulado “Dead Metal”, que conta com duas músicas inéditas da banda. A produção ficou a cargo da banda, juntamente com Mendelson Madruga, produtor local.

Em 2022, a banda entrou em estúdio para a gravação do novo disco. A incessante busca por um som característico e pela evolução musical, tanto no processo criativo quanto produtivo do álbum, fez a banda sentir a necessidade de um novo ingrediente para a lapidação desse trabalho. Diante disso, a banda buscou o produtor Robert Pehrsson (Death Breath), do Studios Humbucker, em Estocolmo, que ficou encarregado da mixagem e masterização do disco. O resultado é o álbum “Horroris Causa”, que já criou alvoroço com seu primeiro single disponibilizado nas plataformas de streaming, “Formless… Twisted… Shapeless”.

A formação do Zombie Cookbook traz Clandestine (vocal), Dismembered (guitarra), Consumed (guitarra), Thombstoned (baixo) e Leprous (bateria).

Ainda em 2023, a banda estará na estrada para a divulgação de “Horroris Causa”. Nos próximos dias, serão divulgados mais detalhes sobre ele.

Acompanhe o Zombie Cookbook em canais oficiais:

www.zombiecookbook.com.br

www.instagram.com/zombiecookbook

www.facebook.com/zcbofficial

www.zombiecookbook.bandcamp.com

www.youtube.com/zcbofficial

www.open.spotify.com/intl-pt/artist/6ga35WBnH51Q19QAy51yy9

A Rádio Sem Fronteiras

asbrazil

Deixe um comentário