Fontaines D.C. anuncia novo álbum Romance

Fontaines D.C. anuncia novo álbum Romance

Fontaines D.C. anunciou os detalhes de seu aguardado quarto álbum, ROMANCE. Com lançamento previsto para o dia 23 de agosto pela XL Recordings, ROMANCE é o primeiro álbum da banda com o produtor James Ford e é, sem dúvida, seu disco mais seguro, inventivo e sonoramente ousado até hoje. O álbum se baseia no sucesso do aclamado álbum Skinty Fia, de 2022, da banda criada em Dublin e agora baseada em Londres, que alcançou o primeiro lugar nas paradas de álbuns do Reino Unido e da Irlanda e fez com que a banda recebesse reconhecimento, como a premiação enquanto grupo internacional do ano no BRIT Awards de 2023.

Anunciando a mais recente (r)evolução criativa do Fontaines D.C. está o explosivo single “Starburster“. Inspirada em um ataque de pânico que o vocalista Grian Chatten sofreu na estação de St Pancras, em Londres, a música é pontuada por respirações agudas. A batida propulsora e a letra implacável estabelecem a autodestruição como uma fantasia antes de um breve momento de clareza sóbrio, quando a bateria se afasta e Chatten passa de um rap para um quase salmo, com seu rico barítono. A música é acompanhada por um videoclipe cinematográfico do diretor Aube Perrie (Megan Thee Stallion, Harry Styles, The Hives) que captura a intensidade catártica da música.

ASSISTA / OUÇA À “STARBURSTER” AQUI

PRÉ SAVE DE ROMANCE AQUI

ROMANCE é o disco mais ambicioso e expansivo do Fontaines D.C. até o momento, com 11 faixas que constelam ideias que vêm se infiltrando entre Grian Chatten (vocal), Carlos O’Connell (guitarra), Conor Curley (guitarra), Conor Deegan (baixo) e Tom Coll (bateria) desde que lançaram Skinty Fia em 2022. Essas ideias se cristalizaram durante uma turnê pelos Estados Unidos e México com o Arctic Monkeys, enquanto os cinco membros da banda compartilhavam músicas e encontravam uma linha de ligação com artistas que construíram seus próprios mundos criativos: a atitude e o brilho estético de artistas como Shygirl e Sega Bodega, as paletas sonoras ousadas do hip hop e do heavy metal, Mos Def, A$AP Ferg, OutKast e Korn. Eles tiveram um tempo separados para criar visões mais singulares do que poderia ser a música do futuro: O’Connell foi para Castile-La Mancha, na Espanha, e mais tarde se tornou pai, enquanto Chatten passou um tempo em Los Angeles e Deegan em Paris. Eles criaram raízes mais profundas em Londres. Cada membro passou um tempo expandindo seus limites – riffs experimentais, progressões de acordes e referências líricas distantes sem a intenção de gravar um disco. Depois de encerrar a turnê de arenas nos Estados Unidos em 2023, eles passaram um mês compondo juntos novamente, três semanas de pré-produção em um estúdio no norte de Londres e um mês em um castelo perto de Paris, dormindo entre equipamentos de estúdio, completamente imersos.

Sobre o título do álbum, Conor Deegan diz: “Sempre tivemos esse senso de idealismo e romance. Cada álbum fica mais distante de observar isso através das lentes da Irlanda, tão diretamente quanto (a estreia indicada ao Mercury) Dogrel. O segundo álbum (‘A Hero’s Death’, indicado ao GRAMMY) é sobre esse distanciamento, e o terceiro (‘Skinty Fia’) é sobre a irlandesa deslocada na diáspora. Agora estamos olhando para onde e o que mais há para ser romântico.”

Expondo o tema, Chatten lembra o anime Akira, de Katsuhiro Ôtomo, em que as brasas do amor se desenvolvem apesar de um turbilhão de degradação tecnológica e corrupção política em torno de seus personagens. “Sou fascinado por isso – apaixonar-se no fim do mundo”, diz ele. “O álbum trata da proteção dessa pequena chama. Quanto mais o armagedom se aproxima, mais preciosa ela se torna”, enquanto O’Connell acrescenta: “Esse álbum é sobre decidir o que é fantasia – o mundo tangível ou onde você vai em sua mente. O que representa mais a realidade? Isso parece quase espiritual para nós.”

A evolução sonora da banda, que mostrou seus dentes nos primeiros discos com sensibilidades punk antagônicas, é uma ascensão em direção ao grunge, eletrônica distópica, percussão de hip-hop e texturas no estilo Slowdive que podem surpreender os fãs. Os pontos de contato com o shoegaze apresentados pela primeira vez em Skinty Fia se desdobram em ROMANCE como um hematoma. Mas qualquer “estética retrô”, como Chatten a descreve, foi deixada para trás. Refletindo sobre o lançamento iminente, Chatten diz: “Dizemos coisas nesse disco que queríamos dizer há muito tempo. Nunca sinto que acabou, mas é bom me sentir mais leve”. A fantasia é sentida para o bem ou para o mal, e o Fontaines D.C. dá as boas-vindas a ambos os extremos do esquecimento.

ROMANCE, o primeiro álbum da banda com a XL Recordings, ganhará vida em uma turnê mundial que começará no verão, com paradas nos festivais de Glastonbury, Reading & Leeds e em toda a Europa. As datas no Reino Unido e nos Estados Unidos serão anunciadas em breve. Para obter mais detalhes, acesse https://fontainesdc.com/#live.

Marketing e Promoção no Brasil:

ForMusic – [email protected]

Informações à imprensa:

Catto Comunicação

Simone Catto – [email protected]

A Rádio Sem Fronteiras

asbrazil

Deixe um comentário