Ouça “Distance Between Us”, o segundo álbum da banda canadense de Hard Rock, Ancient Machine

Ouça “Distance Between Us”, o segundo álbum da banda canadense de Hard Rock, Ancient Machine

O Hard Rock e o AOR vivem um momento excelente, com novas e ótimas bandas surgindo e com bandas clássicas voltando a lançar grandes álbuns, como é o caso do Skid Row e do The Cult, por exemplo.

Dentre as bandas novas, a banda canadense Ancient Machine já havia se destacado com seu auto-intitulado álbum de estreia, mas com o lançamento de seu segundo disco, “Distance Between Us”, a banda consolida sua proposta e profissionalismo, com um álbum maduro, honesto e absolutamente bem gravado e composto.

Ouça o álbum “Distance Between Us” abaixo:

Em menos de três anos de existência, a Ancient Machine já lançou, além de seus dois álbuns, inúmeros singles, canções comemorativas e vídeos para todas as suas canções anteriores. Sua formação, inalterada desde a fundação da banda em 2020, na cidade de Vancouver, BC, conta com o vocalista Thales Maciel, o baixista Emerson Tanaka e o guitarrista Kiko Dittert.

Assista abaixo o Lyric Video para a faixa título do álbum, “Distance Between Us”:

Os membros da Ancient Machine comentaram o lançamento do álbum:

“Não estávamos mais tão crus quanto no primeiro disco em relação a conhecer as características um do outro, então isso melhorou a qualidade das composições no sentido de deixar cada uma soar mais natural. Kiko e eu temos a escola mais Heavy Metal, então, depois do primeiro disco, aprendemos a dosar as interpretações pra cair melhor dentro do Hard/AOR. Na parte das vozes, elas estão mais limpas, mais high pitched do que no primeiro e acho que combinou mais com o estilo. Os backings também estão bem mais preenchidos, numa pegada Journey. É normal que toda banda evolua a cada disco e acho que conseguimos isso com o Distance Between Us. É um disco que, mesmo que eu não fosse da banda, eu escutaria do início ao fim sem parar”, comentou o vocalista Thales Maciel.

“O mais importante numa banda é sempre evoluir de um álbum para outro em todos os aspectos: técnico, lírico e criativo. Eu acho que conseguimos atingir todos esses objetivos com esse novo álbum. Estamos convictos que esse é o melhor trabalho que fizemos até o momento considerando nosso amadurecimento tanto musical quanto pessoal”, acrescentou Emerson Tanaka.

“O processo de gravação deste segundo álbum foi mais organizado pois já tínhamos definido um estilo próprio e tivemos tempo para a preparação e pré-produção das músicas. Focamos nos detalhes de cada música, fizemos alterações e regravamos algumas partes. Enfim, estamos com a sensação de dever cumprido! Espero que gostem”, finalizou Kiko Dittert.

Saiba mais sobre a Ancient Machine através do link: www.allmylinks.com/ancientmachine ou pelo Instagram @ancientmachineband

Ouça também o álbum de estreia da banda aqui:

A Rádio Sem Fronteiras

asbrazil

Deixe um comentário