Revista diz quem é o favorito para ser novo baterista do Foo Fighters

A enorme perda que o Foo Fighters teve no ano passado com a morte de seu baterista Taylor Hawkins abriu uma enorme dúvida entre os fãs sobre o prosseguimento ou não da banda. Na virada deste ano, os caras anunciaram que voltariam à ativa mesmo sem seu batera. “Seremos uma banda diferente daqui pra frente”, disse a mensagem, acrescentando que seguiriam em frente.

Agora, com o anúncio da retomada da agenda de shows do Foo Fighters, inclusive com show confirmado para o Brasil em 9 setembro no megafestival The Town, os rumores se concentram em quem deverá assumir o lugar de Hawkins na banda. Como Dave Grohl é um dos maiores bateristas do mundo, poderia muito bem tocar e cantar ao mesmo tempo. No entanto, as performances de palco do Foo Fighters, nas quais interage a todo momento com a plateia, praticamente descartam essa possibilidade.

Quem garante que as audições sobre o novo baterista da banda já tiveram início é a revista Variety. Uma matéria da publicação indica que o grupo utilizou os dois shows em tributo a Hawkins, em Londres e Los Angeles, em setembro passado, para “experimentar novos bateristas”. Presenças de novos nomes como Nandi Bushell e Shane Hawkins e músicos consagrados como Omar Hakim seriam um indício disso (AQUI).

“É possível que os shows de tributo tenham sido uma espécie de audição descomunal”, diz a reportagem indicando que os nomes mais forte seriam de Josh Freese, músico de estúdio que já trabalhou com bandas como Guns N’Roses e Offspring, e Rufus Taylor, baterista do The Darkness e filho do lendário Roger Taylor, do Queen.

De acordo com a Variety, Taylor, de 31 anos, traz consigo o legado do Queen, uma banda em que Hawkins e Grohl cresceram ouvindo, além de que os seus anos no The Darkness o credenciarem como um cara já testado no circuito de grandes turnês. No entanto, várias fontes disseram à revista que Freese é um se não o favorito, e há muitas razões pelas quais isso faria sentido. Ele é um amigo de longa data de Grohl e Hawkins e é um batera altamente talentoso, que já trabalhou com “uma variedade incompreensível de músicos diferentes em mais de 300 gravações de diversos gêneros musicais”.

O novo baterista do Foo Fighters ainda não está definido, mas certamente será alguém que entregará muito para a banda.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *