Maioria dos nossos heróis do rock não consegue mais tocar, diz guitarrista do Twisted Sister

Maioria dos nossos heróis do rock não consegue mais tocar, diz guitarrista do Twisted Sister

Jay Jay French, empresário e guitarrista do Twisted Sister, falou sobre a dificuldade de voltar a realizar uma turnê. A banda se apresentou no mês passado na cerimônia do Metal Hall Of Fame, na qual tocou três músicas ao vivo.

Twisted Sister está aposentado desde 2016 e mesmo que os fãs insistam num retorno, eles só poderão fazer uma ou outra apresentação. De acordo com Jay Jay, há um limite para os músicos entregarem boas performances ao vivo e atualmente veteranos do rock precisam utilizar “truques de tecnologia sonora” para parecerem que realmente estão executando suas músicas no palco.

Em uma entrevista ao canal do YouTube “Syncin’ Stanley” – transcrita pela AlternativeNation.Net, ele diz: “Não temos mais 20 anos. A maioria de nossos heróis tem agora 70 ou perto de 80 e eles não podem mais fazer isso”. Enquanto os fãs gostariam de ver bandas tocando tudo ao vivo ao assistir ao show, Jay Jay argumenta: “Como empresário, essa é uma resposta muito complicada. Eu poderia dizer: ‘Oh, é uma porcaria. Todo mundo deveria fazer tudo de verdade’, mas há muito dinheiro na mesa e as bandas estão sob muita pressão para replicar os discos. E eu acho que, no final das contas, a verdadeira resposta é: os fãs se importam… então eles [os grupos veteranos] saem impunes ao fazer isso”.

Jay Jay ressalta que poucos músicos confessarão que não são mais capazes de executar músicas específicas em sua forma original, nomeando Robert Plant, do Led Zeppelin, como um exemplo raro.

Ele acrescenta que, embora a questão das faixas de apoio se relacione principalmente com cantores, algumas bandas recorrem a backups e até mesmo músicos de apoio que tocam nos bastidores, alegando que Keith Richards e Ron Wood, dos Rolling Stones, utilizam esses truques. “Sobre os Rolling Stones, o único nessa banda que é realmente bom hoje em dia é Mick Jagger. Seus vocais, na verdade, estão tão bons como sempre, se não melhores. O resto da banda [risos] realmente precisa de ajuda. Keith [Richards] e Woody [Ron Wood] têm artrite e mal podem tocar. Eu entendo que eles usam guitarristas nos bastidores nas noites em que realmente não conseguem tocar.”

Sobre o Twisted Sister, Jay Jay disse que até 2016 a banda sempre foi honesta no palco: “Nunca usamos [faixas de apoio]. Tudo estava lá: guitarra, baixo, canto… Era tudo ao vivo”.

A Rádio Sem Fronteiras

asbrazil

Deixe um comentário